Governo do Estado retira regime de urgência do PL 214

05 set Governo do Estado retira regime de urgência do PL 214

O governo do Estado tomou a decisão, nesta sexta-feira (4), de retirar o regime de urgência do Projeto de Lei 214/15, que reduz em 30% os créditos presumidos do leite, derivados e outros produtos como carnes. O regime de urgência do PL venceria no dia 8 de setembro, quando daí, caso não fosse votado, trancaria a pauta. A informação foi confirmada neste sábado (5) pela Casa Civil.

Segundo o vice-presidente do Instituto Gaúcho do Leite, Carlos Joel da Silva, a cúpula do governo esteve reunida ontem à tarde, no Parque de Exposições Assis Brasil,  no dia da abertura da Expointer, para debater o assunto e resolveu adiar a decisão sobre a redução nos créditos presumidos. “Essa é uma ótima notícia para a cadeia do leite. Com isso, ganhamos tempo para negociar a retirada do projeto da Assembleia”, diz Silva, que também é presidente da Fetag.

O setor, liderado pelo IGL, engendrou processo de sensibilização junto ao Executivo e Legislativo estadual quanto à perda de competitividade dos produtos lácteos. Estudo de diversas entidades demonstrou que o custo de produção aumentaria entre 3 e 5 centavos por litro de leite. O diretor executivo do IGL, Ardêmio Heineck, comemorou a informação. “No caso do leite inviabilizaria a cadeia. Por isso, fizemos articulação com todos os elos envolvidos, principalmente deputados e secretários de Estado. Ficamos muito contentes que o governo teve sensibilidade.”

Glauco Menegheti (MTb 8828)

glauco@bitconteudo.com.br

Telefone: (51) 3557-9222/9216-0553

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.