IGL quer erradicar brucelose e tuberculose em Vista Alegre

29 out IGL quer erradicar brucelose e tuberculose em Vista Alegre

BruceloseO Instituto Gaúcho do Leite (IGL) estuda coordenar projeto de saneamento de brucelose e tuberculose, em parceria com o escritório Regional da Emater de Frederico Westphalen, no município de Vista Alegre, que faz parte da Microrregião de Frederico Westphalen e do Corede Médio, Alto Uruguai. O diretor executivo do IGL, Ardêmio Heineck, manteve contatos com técnicos da Emater local, representação dos produtores e com o Secretário Municipal da Agricultura, realçando que o saneamento bovino é imprescindível para o futuro da atividade. “A Emater tem um trabalho sensacional em propriedades-modelo que podem irradiar as boas práticas de produção de leite, inclusive sanitárias”, testemunha Heineck. “A base de produtores está consciente e pronta para um trabalho sanitário profundo”, garante o diretor do IGL, que destaca ainda a importância da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI) no desenvolvimento regional e como parceiro estratégico nesse projeto, assim como em outros.
Heineck foi ver de perto a situação da produção leiteira local na última sexta-feira (23), quando participou do Seminário Regional Feira Regional da Agricultura Familiarsobre o Leite, como parte da programação da Feira Regional da Agricultura Familiar, Agroindústria, Artesanato e Biodiversidade. Representou o Presidente do IGL, Gilberto Piccinini, a convite do escritório Regional da Emater de Frederico Westphalen, organizador do evento, para apresentar o painel “Cenários e Perspectivas para a produção de Leite na Região”. O executivo do IGL explanou sobre a importância da cadeia e do trabalho do produtor, sob a perspectiva do impacto econômico que gera e o trabalho desenvolvido pelo Instituto, inclusive sob a visão de futuro da atividade, não só para os envolvidos, mas para a população em geral. Após falar para uma platéia de cerca de 500 pessoas, na sua maioria produtores, Heineck recebeu o feedback positivo de uma dezena de produtores familiares, que se disseram surpresos com a envergadura da cadeia produtiva do leite do Rio Grande do Sul.Feira Regional da Agricultura Familiar - seminário do leite GV (18)

No Comments

Post A Comment