MPE conhece campanha publicitária do leite gaúcho

29 set MPE conhece campanha publicitária do leite gaúcho

Edson BrumO presidente do Instituto Gaúcho do Leite (IGL), Gilberto Piccinini, e parte da diretoria da entidade foram nesta segunda-feira (28) ao Ministério Público Estadual (MPE), em Porto Alegre, para fazer uma apresentação da campanha publicitária que vai reforçar a imagem do leite gaúcho e seus derivados, ao procurador-geral de Justiça do Rio Grande do Sul, Marcelo Dornelles.

A campanha, que foi aprovada pela cadeia leiteira em assembleia do IGL, é vista como importante instrumento alavancador das vendas de leite e derivados.  Dornelles elogiou a iniciativa do Instituto e falou sobre a possibilidade de o Ministério Púbico Estadual figurar como apoiador institucional da campanha que o IGL realiza em parceria com a Famurs e que será veiculada em novembro, no início da safra do leite gaúcho.

Para Piccinini, o aval do MP é importante, pois representa um parceiro de credibilidade e que está preocupado com o consumidor. De acordo com o diretor executivo do IGL, Ardêmio Heineck, foram colocados os canais que serão abertos pela campanha à disposição do MP para esclarecer à população o que é a Operação Leite Compen$ado.

O vice-presidente do IGL, Carlos Joel da Silva, que também preside a Fetag, aproveitou o encontro para informar Dornelles sobre autuações do MP em relação ao Código Florestal. Segundo Silva, o promotor dos municípios de Cândido Godoi, Campinas das Missões e São Paulo das Missões está tratando com produtores familiares a assinatura de termos de ajustamento de conduta por pretenso descumprimento de Área de Preservação Permanente. Segundo Silva, o procurador–geral foi sensível às suas colocações, prometendo verificar o assunto e dar o devido retorno à Federação. Foi importante esta oportunidade de interlocução com o MP estadual”, pondera o presidente da Fetag.

Por fim, a comitiva do IGL teve uma audiência com o presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, deputado estadual Edson Brum, para receber o Relatório Socioeconômico da Cadeia Produtiva do Leite do RS. A Assembleia, através da Comissão da Agricultura, Pecuária e Cooperativismo, é patrocinadora de 5 mil exemplares do livro que é o mais completo levantamento estatístico da cadeia produtiva do leite do Estado, produzido pelo IGL em parceria com a Emater. Acompanharam Piccinini também o segundo vice-presidente do IGL, Leonardo Dornelles de Dorneles, o diretor executivo Ardêmio Heineck e a assessora jurídica e parlamentar, Márcia Silva de Almeida.

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.